Como Ajudar
 COMO AJUDAR

 

1)      O tempo é fator fundamental, portanto, ao avistar ou suspeitar ter visto uma pessoa desaparecida, não perca tempo, solicite imediatamente que as autoridades competentes procedam ao local para averiguar a sua dúvida ou ligue para o Disque-Denúncia, pelo telefone (21) 2253-1177 ou 0300–253-1177 (para quem estiver fora da Capital), ou envie mensagens de texto e fotos de onde ele se encontra, para o WhatsApp do Portal dos Desaparecidos (21) 996-264-393, que nós encaminharemos a informação, descrevendo as características e vestimentas que a pessoa está trajando, o local onde à viu ou está, e para onde seguiu caso não possa mais visualizá-la. Se embarcar em algum veículo, anote a sua cor, placa e em que direção seguiu.

 

2)         Se encontrar alguém desorientado em via pública proceda da mesma forma citada ou conduza a pessoa até uma delegacia mais próxima caso esta não necessite de cuidados médicos de urgência (neste caso ligar para 192 – SAMU).

 

3)         Atenção, por questões de segurança, o Disque-Denúncia não incentiva que nenhum cidadão realize investigações por conta própria. Isto é uma prerrogativa dos órgãos de segurança pública. Portanto, se tiver alguma suspeita sobre o paradeiro de uma pessoa desaparecida, principalmente em locais considerados como área de risco, não tente fazer o trabalho da polícia, faça uma denúncia anônima para que sua suspeita seja verificada.

 

4)      Acesse regularmente ao site e divulgue os casos entre parentes, amigos e vizinhos, pois infelizmente haverá sempre pessoas desaparecendo, seja por simples descuidos, vontade própria, arrebatados por terceiros ou por distúrbios mentais. Utilize as redes sociais como multiplicadoras destas informações. Lembre-se, isso não aconteceu com você, mas pode ocorrer também e a ajuda da comunidade é muito importante para todos.

 

5)    Somente divulgue casos de pessoas desaparecidas pelas redes sociais apenas se tiver a certeza de que sua fonte é confiável, pois, é grande a circulação de informações inverídicas ou desatualizadas, criando correntes desnecessárias, muitas das vezes sendo muito difícil sabe a sua origem, que podem causar constrangimentos a terceiros.